Teresa Côrte-Real

Início / Teresa Côrte-Real

Teresa Côrte-Real

FCT - Formação em Contexto de Trabalho

Teresa Côrte-Real lecciona a cadeira de Expressão Dramática na Escola de Dança de Ana Manjericão de 1989 a 2014 e desde 2008 que é professora FCT na Escola Profissional de Teatro de Cascais.
1971-72 – Estreia em Teatro, no papel de Columbina na peça Pinóquio, com encenação de António Cabo (Teatro Monumental).
Desde 1975, com  A Morgadinha dos Canaviais, colaborações regulares em teatro radiofónico.
Em 1982, com Porque Hoje é Sábado, inicia a sua actividade televisiva.
Em 1987 termina o  Curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema.
Passando por Teatro Nacional D. Maria II, Grupo Persona, Teatro Ibérico. Comuna – Teatro de Pesquisa, Teatro Maria Matos e Teatro Experimental de Cascais, onde se encontra desde 1991, fez autores como Camilo Castello Branco,  Beaumarchais, Valle-Inclán, Mishima, Beth Henley, Feydeau, António Ferreira, Molière, António Patrício, Alice Vieira, Miguel Rovisco, Bernardo Santareno, Roberto Cossa, Collin Higgins, Jean Genet, Gil Vicente, Orlando Neves, Priestley, Philipe Minyana, Luiz Francisco Rebello, Copi, Dumas Filho, Yves Jamiaque, Luís Fonseca, Maria do Céu Ricardo, Miguel Torga, Ronald Harwood, Carlos J. Pessoa, Moises Kaufman, Jorge Guimarães, Gombrowicz, José Jorge Letria, Tennessee Williams, Didier Kaminka, Natália Correia, Shakespeare, René Obaldia, Maria Clara Machado, Alejandro Casona, Arnold Wesker, Augusto Sobral, Teixeira de Pascoaes, Tom Stoppard, Arthur Miller, Bernard-Marie Koltés, Joseph Kesselring, Guerra Junqueiro e Guilherme de Azevedo,Renato Pino, Nazareth Almadanim e Paulo B. e Teresa Côrte-Real e Sérgio Silva, Peter Weiss, Chico Buarque, Manuela de Azevedo, Miguel Graça, Ramón del Valle-Inclán, Henrik Ibsen, Fernando Arrabal, Fiódor Dostoiévski, James Matthew Barrie, Luís de Camões.
Tendo trabalhado com os seguintes encenadores:António Cabo, Ruy de Matos, Blanco Gil, João Canijo, Álvaro Correia, Carlos Pessoa, Alberto Villar, Renato Pino, João Mota e Carlos Avilez. Sendo assistente de encenação dos seguintes espectáculos:Diário de Anne Frank, Pedras nos Bolsos, Noite de Anões, Com a Pistola de Antero, Doce Pássaro da Juventude, Solidão de um Guarda-Redes, Sonho de uma Noite de Verão.
Encenou os seguintes espectáculos: Temperantia – Estou de Dieta de Ricardo Boléo, Falar Verdade a Mentir de Almeida Garrett.
Cinema: O Jovem Toscanni de Franco Zeffirelli, Os canibais de Manoel de Oliveira, Para Além da Memória de Miguel Babo, Erros Meus Má Fortuna Amor Ardente de Tiago Durão.

Detalhes