A EPTC

APRESENTAÇÃO

A Escola Profissional de Teatro de Cascais comemora em 2017, 25 anos de existência.
Fundada em 1992 é propriedade da Câmara Municipal de Cascais e do Teatro Experimental de Cascais (TEC).

Com direção de Carlos Avilez, um dos mais reconhecidos encenadores a nível nacional, a Escola Profissional de Teatro de Cascais formou centenas de alunos que são hoje atores respeitados pelo seu talento e profissionalismo, e que se destacam no Teatro, na Televisão e no Cinema.

A qualidade da equipa docente e a criatividade e rigor do plano curricular do seu curso são marcas da Escola Profissional de Teatro de Cascais.

O Curso de Artes do Espetáculo / Interpretação da Escola Profissional de Teatro de Cascais é financiado pelo Ministério da Educação – DGEST – Direcção Geral de Estabelecimentos Escolares.

 

CARLOS AVILEZ

A NOSSA HISTÓRIA

Em 1991, o Teatro Experimental de Cascais, tinha em cena, com êxito assinalável, no Teatro Municipal Mirita Casimiro, a peça “Rei Lear”, de Shakespeare. Paralelamente e destinado a um público jovem, a escritora Alice Vieira tinha acabado de escrever de propósito para aquela companhia, uma peça também inspirada na história de “Rei Lear”, a que chamou “Leandro, Rei de Helíria”.

Numa sessão de Domingo, acompanhado dos seus filhos, o então Ministro de Educação, Engº Roberto Carneiro, deslocou-se ao Teatro Municipal Mirita Casimiro onde, depois de assistir ao espectáculo, em conversa com Carlos Avilez, o convenceu a “pensar” na utilidade, dada a experiência deste homem de teatro, de fundar em Cascais, uma escola profissional.

Assim, desta conversa, nasceu então a Escola Profissional de Teatro de Cascais, apoiada desde logo, pelo então presidente da Câmara Municipal de Cascais, George D’Argent, e pelo então então vereador da cultura, Rui Ribeiro. Assim em Agosto de 1992, era assinado no Museu Conde Castro Guimarães, o contrato-programa através do qual as duas entidades promotoras, a Câmara Municipal de Cascais e o Teatro Experimental de Cascais acordavam com o Ministério da Educação a criação de uma Escola Profissional de Teatro de Cascais.

Mais tarde ambas estas entidades promotoras juntaram-se na Associação Escola Profissional de Teatro de Cascais, que se tornou na entidade proprietária da Escola.

Hoje, o êxito deste projecto teatral deve-se ao facto da reconhecida qualidade artística e de disciplina de muitos jovens que continuam a dar o seu talento a inúmeros projectos de teatro e televisão.

Não podemos deixar de evocar algumas figuras que ao longo dos anos têm colaborado, de uma, ou de outra forma, com a Escola: Sofia de Mello-Breyner, Manuel Alegre, Fernando Sylvan, Zita Duarte (que leccionou nesta escola), Sebastião da Gama, Maria Barroso, Carmen Dolores, Carlos Avilez, Mário Viegas, Helena Cidade Moura, Carlos Pessoa, Diogo Infante, Catarina Avelar, Fernanda Neves, Anna Paula, São José Lapa, Varela Silva, António Gedeão, Luís Góis, Carlos Carranca, Xanana Gusmão e Miep (figura importante da trágica vida de Anne Frank), que esteve em Portugal em 1994.

Ao longo destes anos a Câmara Municipal de Cascais tem garantido um apoio financeiro extremamente significativo e importante para o funcionamento da Escola e o Teatro Experimental de Cascais tem garantido um apoio artístico e logístico importantíssimo para garantir a qualidade da prestação do ensino artístico.

 

A NOSSA MISSÃO

Formar técnicos profissionais de elevada qualidade, nível IV do ensino profissional, nas áreas de Teatro em que tem cursos aprovados:

  • Artes do Espectáculo / Interpretação

 

Promover um ensino de qualidade através da concretização de vários objectivos desenvolvidos em toda a comunidade escolar:

  • Espírito criativo e sensível
  • Curiosidade cientifica
  • Pensamento reflexivo
  • Análise crítica
  • Sentido de contemporaneidade de acção criativa
  • Esforço de pesquisa na actuação do seu exercício profissional
  • Excelência curricular
  • Excelência artística
  • Excelência organizacional
  • Excelência pedagógica

Promover junto dos alunos, uma formação e apoio significativo de integração profissional de forma a facilitar a sua integração no mercado de trabalho, com a concretização do desenvolvimento de vários parâmetros:

  • Responsabilidade profissional
  • Imagem profissional
  • Mercado de trabalho

 

DOCUMENTOS ÚTEIS

Regulamento Interno

Projeto Educativo

Plano Curricular